TEXTO:
87% dos paulistanos são a favor da construção e ampliação de ciclovias em São Paulo
21/09/2014
Pesquisa mostra também que aprovação das faixas exclusivas para ônibus é de 90%
istockphotos
​Construção de ciclovias e mais segurança são os principais fatores para a utilização de bicicletas como meio de transporte.

​Cerca de nove em cada 10 paulistanos (87%) são favoráveis à construção e ampliação de ciclovias na cidade. É o que mostra a oitava edição da pesquisa sobre Mobilidade Urbana, realizada pelo IBOPE Inteligência, em parceria com a Rede Nossa São Paulo, apresentada nesta quinta-feira. No ano passado, 84% eram a favor dessa medida.

De acordo com a pesquisa, a aprovação das faixas exclusivas para ônibus continua alta: 90% dos entrevistados se dizem favoráveis à ampliação das faixas, pequena oscilação frente aos 93% registrados em 2013. Entre os usuários frequentes de carro, a favorabilidade é de 87%.

Urgência
Para 64% dos entrevistados, os governos devem dar mais atenção aos transportes públicos. As medidas mais importantes para a melhoria da mobilidade são a construção/ampliação de linhas do metrô ou trem (58%) e de corredores de ônibus (37%).

Trânsito
O trânsito na cidade foi considerado ruim ou péssimo por 70% dos entrevistados (eram 69% no ano anterior). E o tempo total gasto no trânsito, incluindo todos os deslocamentos, fica, em média, em 2h46, acima dos 2h15 de 2013.

No quesito respeito, 80% dizem perceber que ciclistas e motociclistas são desrespeitados no trânsito. Além disso, os que acham que as faixas de pedestre estão sendo menos respeitadas passam de 41% em 2013 para 52% neste ano.

Entre os usuários de carro, passam de 82% para 90% os que são favoráveis à aplicação de multas aos que param na faixa de pedestre. Também sobe de 36% para 43% o grupo dos que são favoráveis ao rodízio de dois dias durante a semana.

Alternativa
O aspecto mais relevante para atrair quem não utiliza ônibus como meio de transporte é a diminuição do tempo de espera pela condução, assim como a existência de mais linhas de ônibus que cubram novos percursos (ambos com 27%).

No caso da bicicleta, os entrevistados mencionam a construção de ciclovias e mais segurança (ambos com 26%) como principais fatores para a utilização de bicicletas como meio de transporte.

São Paulo
Passa de 61% para 66% o índice dos que consideram São Paulo um lugar bom ou ótimo para morar. No entanto, a saúde continua sendo o maior problema na cidade: 72% dizem que é área mais problemática do município. Cabe destacar a queda das menções ao desemprego como principal problema ao longo da série histórica: ocupava o 2º lugar em 2008 e agora está em 9º.

Sobre a pesquisa
A pesquisa foi realizada entre os dias 29 de agosto e 3 de setembro, entrevistando 700 moradores de São Paulo com 16 anos ou mais. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos, sobre os resultados totais.


Apresentação

Comentários
Ainda não foram adicionados comentários para esta página. Seja o primeiro a comentar.
TAGS
Opinião pública; São Paulo; Transporte
 

 Notícias Relacionadas

 
 
40% dos brasileiros acham que eventual governo de Michel Temer seria ruim ou péssimo
17/dez/2015
Expectativa é baixa até mesmo entre os favoráveis ao impeachment de Dilma
Hoje, 70% dos brasileiros consideram governo Dilma ruim ou péssimo
15/dez/2015
82% da população desaprova a maneira de governar da presidente
 

 Soluções Relacionadas

 
Atitude, comportamento e percepção do consumidor.
Pesquisa realizada com a população para avaliar conhecimento e notoriedade de marcas
Bus
​Pesquisa multiclientes com periodicidade mensal e representatividade nacional.
Análises a percepção do público com relação a campanhas de comunicação
 
PUBLICIDADE
Saiba mais sobre a marca Kantar IBOPE Media
Conheça o portfólio da Kantar IBOPE Media
Acompanhe nossos perfis e saiba todas as novidades da Kantar IBOPE Media