TEXTO:
TV por assinatura cresce na América Latina
10/12/2013
Consumo do meio na região teve aumento de 38% no período de 2008 a 2012
shutterstock
​Em 2012, consumo de TV paga atingiu 51% da população da América Latina

​Nos últimos cinco anos, o consumo de TV por assintura aumentou de forma significativa na América Latina.  Em 2012, o meio atingiu 51% da população da região, ante 37%  registrados em 2008, o que representou um aumento de 38% do consumo do meio no período.

De acordo com dados do Target Group Index, estudo do IBOPE Media, o Equador é o país onde esse crescimeto foi mais expressivo.

Em 2008, 13% dos equatorianos afirmavam ter assistido TV paga nos últimos sete dias, percentual que cresceu 113%, atingindo 27% da população em 2012.
Na comparação entre os países, o Brasil é o que apresenta a segunda maior taxa de crescimento da TV paga no mesmo período, com um aumento de 87% no consumo do meio.

Na sequência, aparece o Chile onde o consumo da TV por assinatura passou de 35% em 2008,  para 63% em 2012, ou seja, um crescimento de 78%.

No México, o aumento no consumo de TV paga chegou a 33%. Seguido da Venezuela, com crescimento de 24%, e do Peru, com aumento de 20% no consumo do meio.

Já na Colômbia, país que apresenta a maior penetração da TV paga na América Latina (86%), o crescimento foi 17%.

Entre os países aferidos, o menor índice de crescimento foi registrado na Argentina, com aumento de 13% no consumo de TV por assinatura no país.

Sobre a pesquisa:
O Target Group Index é um estudo multimeios sobre o consumo de produtos, serviços e mídia, estilo de vida e características sócio demográficas. Cobertura: Argentina: Capital Federal/GBA, Buenos Aires/Córdoba, Cuyo/ NOA, Litoral e Sul. Brasil (regiões metropolitanas): Brasília (DF), Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, São Paulo - Interior e Sul/ Sudeste – Interior. Chile: Grande Santiago. Colômbia: Bogotá, Medellín, Cali, Barranquilla, Bucaramanga, Pereira.  Equador: Guayaquil, Quito. México: México City (D.F.), Guadalajara, Monterrey e Balanço de 25 cidades. Peru: Lima. Venezuela: Caracas, Maracaibo, Barquisimeto, Valencia, Maracay, Puerto La Cruz/Barcelona. Amostra: 4.480.

Comentários
Penha Dias
01/jan/2014
É importante muita cautela ao se contratar os serviços de uma TV por assinatura.Geralmente,não cumprem o que prometem.
TAGS
Audiência dos meios; TV
 

 Notícias Relacionadas

 
 
88% dos internautas brasileiros assistem TV e navegam na internet ao mesmo tempo
16/set/2015
72% dividem a atenção entre televisão e redes sociais
IBOPE Media inicia medição de audiência de TV gravada e assistida posteriormente
30/set/2014
Nesta primeira fase, Time Shifted Viewing destina-se a emissoras de TV
 

 Soluções Relacionadas

 
Dados de alcance e audiência de sites para planejadores de mídia.
Defina a melhor estratégia para sua campanha publicitária.
Estudo sob encomenda para decisões de mídia.
Informações para o planejamento de agências, veículos e anunciantes.
 
PUBLICIDADE
Saiba mais sobre a marca Kantar IBOPE Media
Conheça o portfólio da Kantar IBOPE Media
Acompanhe nossos perfis e saiba todas as novidades da Kantar IBOPE Media