TEXTO:
Unilever assume a liderança de maior anunciante, diz IBOPE Media
24/07/2013
Segundo Monitor Evolution, depois de 11 anos o anunciante volta a liderar o ranking
istockphoto
​Os investimentos publicitários cresceram 19%, no primeiro semestre deste ano.
​Depois de 11 anos, a Unilever volta a ocupar a primeira posição no ranking dos maiores investidores em publicidade. A empresa investiu, no primeiro semestre desse ano, R$ 2,24 bilhões em propagandas, o que representa um crescimento de 53% em relação ao mesmo período de 2012, de acordo com o Monitor Evolution, serviço do IBOPE Media que monitora mensalmente os investimentos das categorias de produtos veiculados nos principais meios de comunicação.

A Casas Bahia passa a ocupar a segunda posição, com R$ 1,59 bilhão, seguida da Genomma, que aparece pela primeira vez no ranking. A empresa, com forte atuação no setor higiene pessoal e beleza e farmacêutica, investiu R$ 1,26 bilhões.

Em relação aos investimentos do primeiro semestre de 2013, o IBOPE Media ampliou sua cobertura, que agora inclui as praças de Aracaju, Maceió e Porto Velho para o meio TV Aberta. Também foram incluídos cinco canais de Pay TV,  cinco títulos de revista, seis emissoras de rádios e 15 jornais. Para esse último, o aumento da cobertura impulsionou o crescimento do meio. Além disso, para os dados de 2012 não foi considerado o novo critério de mídia interna (autopromoção), que passou a valer a partir de 2013. Neste ano, outra novidade foi a inclusão de merchandising, que representa 5,34% do investimento total.

Os investimentos publicitários cresceram 19%, passando de R$ 43,84 bilhões no primeiro semestre de 2012 para R$ 52,03 bilhões no primeiro semestre deste ano.  A TV continua liderando o ranking, com investimentos de R$ 27,52 bilhões, seguida do jornal. E, desconsiderando a ampliação da cobertura na monitoração do investimento publicitário brasileiro, o crescimento foi de 9%.

Rank 2012
 Rank 2013
TOP 10 ANUNCIANTES
Jan a Jun/2013
 Jan a Jun/2012
R$
 R$
2
1
UNILEVER BRASIL
          2.242.541.890
          1.463.915.000
1
2
CASAS BAHIA
          1.593.341.010
          1.684.650.000
#
3
GENOMMA
          1.269.904.050
             214.965.130
4
4
AMBEV
             961.602.210
             793.287.000
3
5
CAIXA (GFC)
             710.817.490
             796.527.000
9
6
VOLKSWAGEN
             662.698.110
             477.166.000
12
7
FIAT
             587.781.020
             416.671.000
13
8
PETROBRAS (GFC)
             575.169.720
             416.146.000
5
9
SKY BRASIL
             548.852.520
             777.950.000
17
10
HYPERMARCAS
             496.422.420
             404.121.000

Setores

Primeiro lugar no ranking de setores, comércio e varejo continua líder em volume de investimento, porém com uma participação menor em relação ao ano anterior, de 21% para 20%. Em seguida aparece o setor  higiene pessoal e beleza, que ocupava a 3ª posição em 2012 e obteve a maior variação absoluta dentre os segmentos, com um aumento de 47% em relação ao ano anterior. Crescimento que reflete o aquecimento da economia em relação aos produtos desta linha. A seguir está o setor de serviços ao consumidor, que caiu para a 3ª posição, porém com um volume de investimento 23% maior em relação ao ano anterior.
 
Setor
Jan a Jun/2013
Jan a Jun/2012
R$
 %
R$
 %
TOTAL
        52.039.397.080
100
        43.841.680.000
100
COMERCIO VAREJO
               10.265.195.200
      20
                 9.297.208.000
     21
HIGIENE PESSOAL E BELEZA
                 5.342.622.200
      10
                 3.644.234.000
       8
SERVICOS AO CONSUMIDOR
                 4.625.037.030
        9
                 3.758.816.000
       9
VEICULOS PECAS E ACESSORIOS
                 4.147.019.250
        8
                 3.625.410.000
       8
MERCADO FINANCEIRO E SEGUROS
                 3.271.366.550
        6
                 3.238.988.000
       7
CULTURA LAZER ESPORTE TURISMO
                 3.111.549.660
        6
                 2.611.157.000
       6
SERVICOS DE TELECOMUNICACAO
                 2.805.710.620
        5
                 2.995.726.000
       7
BEBIDAS
                 2.723.910.850
        5
                 2.635.321.000
       6
SERVICOS PUBLICOS E SOCIAIS
                 2.616.855.920
        5
                 2.218.747.000
       5
ALIMENTACAO
                 2.037.719.310
        4
                 1.496.673.000
       3

Praças

Dentre os mercados monitorados, São Paulo continua sendo o líder, mas com uma participação menor nos investimentos, de 28% para 26% em relação a 2012. Destaque para Salvador e Recife que, mesmo sem aumento na cobertura, cresceram, em média, 13,5% nesse semestre. Apesar de Belém e Campinas terem veículos incluídos em suas coberturas, as praças ainda cresceram 24% e 15%, respectivamente, quando desconsideradas as novas inclusões.



Agências
No ranking das agências, a YR manteve a primeira posição, movimentando R$ 3,51 bilhões do total dos investimentos publicitários do primeiro semestre. Em seguida aparece a Ogilvy e Mather Brasil, com R$ 1,68 bilhão, e a Borghi Lowe, com uma verba de R$ 1,65 bilhão. A Ogilvy subiu de terceiro para segundo lugar e a Borghi, de sexto para segundo.

Janeiro a Junho 2013
 
Moeda: R$
 
 
 
 
Posição
Agência
2013
1
Y R
       3.516.523.435
2
OGILVY E MATHER BRASIL
       1.688.553.820
3
BORGHI LOWE
       1.654.845.625
4
ALMAP BBDO
       1.605.991.740
5
WMCCANN
       1.550.723.080
6
LEO BURNETT
       1.071.319.705
7
PUBLICIS PBC COMUNICACAO
       1.053.930.840
8
DM9DDB
       1.044.202.095
9
JWT
       1.036.655.760
10
HAVAS WORLDWIDE
       1.020.806.580

Sobre a pesquisa
Cobertura: TV aberta: 41 mercados.  TV Assinatura: 38 canais. Rádio: 10 mercados e 83 emissoras. Revista: 200 títulos/mês nacionais, regionais e especiais.  Jornal: 26 mercados. Outdoor: 30 mercados. Cinema: 11 mercados e 562 salas. Internet: 6 portais. Mobiliário Urbano: 10 mercados. Merchandising: 5 redes (nacional).

NOTAS IMPORTANTES:
1- O critério Mídia Interna foi revisto, ampliado e definido a partir de 2013 como Autopromoção. Esse novo conceito trará mudanças de valores de investimento para as agências que tenham veículos de comunicação em sua carteira desde 2012. 

2 - A partir de 2013, os investimentos realizados em Merchandising passam a ser contabilizados na verba das agências para divulgação do ranking.
Comentários
Ainda não foram adicionados comentários para esta página. Seja o primeiro a comentar.
TAGS
Investimento publicitário
 

 Notícias Relacionadas

 
 
Campanhas públicas movimentaram R$ 729 milhões em junho
16/set/2014
No mês que antecedeu a proibição da propaganda política paga no rádio e na TV, categoria foi a primeira colocada em ranking de quem mais investiu
Mundial de futebol movimenta o investimento publicitário no 1º semestre de 2014
25/ago/2014
Unilever segue na liderança como o maior anunciante e, entre os 10 maiores, seis patrocinaram o evento
 

 Soluções Relacionadas

 
Análise da concorrência em mercados mais dinâmicos.
Fiscalização de comerciais para agências.
Reporta os comerciais exibidos diariamente na TV.
Para demandas específicas por dados de investimento publicitário.
 
PUBLICIDADE
Saiba mais sobre a marca Kantar IBOPE Media
Conheça o portfólio da Kantar IBOPE Media
Acompanhe nossos perfis e saiba todas as novidades da Kantar IBOPE Media