TEXTO:
Unilever assume a liderança de maior anunciante, diz IBOPE Media
24/07/2013
Segundo Monitor Evolution, depois de 11 anos o anunciante volta a liderar o ranking
istockphoto
​Os investimentos publicitários cresceram 19%, no primeiro semestre deste ano.
​Depois de 11 anos, a Unilever volta a ocupar a primeira posição no ranking dos maiores investidores em publicidade. A empresa investiu, no primeiro semestre desse ano, R$ 2,24 bilhões em propagandas, o que representa um crescimento de 53% em relação ao mesmo período de 2012, de acordo com o Monitor Evolution, serviço do IBOPE Media que monitora mensalmente os investimentos das categorias de produtos veiculados nos principais meios de comunicação.

A Casas Bahia passa a ocupar a segunda posição, com R$ 1,59 bilhão, seguida da Genomma, que aparece pela primeira vez no ranking. A empresa, com forte atuação no setor higiene pessoal e beleza e farmacêutica, investiu R$ 1,26 bilhões.

Em relação aos investimentos do primeiro semestre de 2013, o IBOPE Media ampliou sua cobertura, que agora inclui as praças de Aracaju, Maceió e Porto Velho para o meio TV Aberta. Também foram incluídos cinco canais de Pay TV,  cinco títulos de revista, seis emissoras de rádios e 15 jornais. Para esse último, o aumento da cobertura impulsionou o crescimento do meio. Além disso, para os dados de 2012 não foi considerado o novo critério de mídia interna (autopromoção), que passou a valer a partir de 2013. Neste ano, outra novidade foi a inclusão de merchandising, que representa 5,34% do investimento total.

Os investimentos publicitários cresceram 19%, passando de R$ 43,84 bilhões no primeiro semestre de 2012 para R$ 52,03 bilhões no primeiro semestre deste ano.  A TV continua liderando o ranking, com investimentos de R$ 27,52 bilhões, seguida do jornal. E, desconsiderando a ampliação da cobertura na monitoração do investimento publicitário brasileiro, o crescimento foi de 9%.

Rank 2012
 Rank 2013
TOP 10 ANUNCIANTES
Jan a Jun/2013
 Jan a Jun/2012
R$
 R$
2
1
UNILEVER BRASIL
          2.242.541.890
          1.463.915.000
1
2
CASAS BAHIA
          1.593.341.010
          1.684.650.000
#
3
GENOMMA
          1.269.904.050
             214.965.130
4
4
AMBEV
             961.602.210
             793.287.000
3
5
CAIXA (GFC)
             710.817.490
             796.527.000
9
6
VOLKSWAGEN
             662.698.110
             477.166.000
12
7
FIAT
             587.781.020
             416.671.000
13
8
PETROBRAS (GFC)
             575.169.720
             416.146.000
5
9
SKY BRASIL
             548.852.520
             777.950.000
17
10
HYPERMARCAS
             496.422.420
             404.121.000

Setores

Primeiro lugar no ranking de setores, comércio e varejo continua líder em volume de investimento, porém com uma participação menor em relação ao ano anterior, de 21% para 20%. Em seguida aparece o setor  higiene pessoal e beleza, que ocupava a 3ª posição em 2012 e obteve a maior variação absoluta dentre os segmentos, com um aumento de 47% em relação ao ano anterior. Crescimento que reflete o aquecimento da economia em relação aos produtos desta linha. A seguir está o setor de serviços ao consumidor, que caiu para a 3ª posição, porém com um volume de investimento 23% maior em relação ao ano anterior.
 
Setor
Jan a Jun/2013
Jan a Jun/2012
R$
 %
R$
 %
TOTAL
        52.039.397.080
100
        43.841.680.000
100
COMERCIO VAREJO
               10.265.195.200
      20
                 9.297.208.000
     21
HIGIENE PESSOAL E BELEZA
                 5.342.622.200
      10
                 3.644.234.000
       8
SERVICOS AO CONSUMIDOR
                 4.625.037.030
        9
                 3.758.816.000
       9
VEICULOS PECAS E ACESSORIOS
                 4.147.019.250
        8
                 3.625.410.000
       8
MERCADO FINANCEIRO E SEGUROS
                 3.271.366.550
        6
                 3.238.988.000
       7
CULTURA LAZER ESPORTE TURISMO
                 3.111.549.660
        6
                 2.611.157.000
       6
SERVICOS DE TELECOMUNICACAO
                 2.805.710.620
        5
                 2.995.726.000
       7
BEBIDAS
                 2.723.910.850
        5
                 2.635.321.000
       6
SERVICOS PUBLICOS E SOCIAIS
                 2.616.855.920
        5
                 2.218.747.000
       5
ALIMENTACAO
                 2.037.719.310
        4
                 1.496.673.000
       3

Praças

Dentre os mercados monitorados, São Paulo continua sendo o líder, mas com uma participação menor nos investimentos, de 28% para 26% em relação a 2012. Destaque para Salvador e Recife que, mesmo sem aumento na cobertura, cresceram, em média, 13,5% nesse semestre. Apesar de Belém e Campinas terem veículos incluídos em suas coberturas, as praças ainda cresceram 24% e 15%, respectivamente, quando desconsideradas as novas inclusões.



Agências
No ranking das agências, a YR manteve a primeira posição, movimentando R$ 3,51 bilhões do total dos investimentos publicitários do primeiro semestre. Em seguida aparece a Ogilvy e Mather Brasil, com R$ 1,68 bilhão, e a Borghi Lowe, com uma verba de R$ 1,65 bilhão. A Ogilvy subiu de terceiro para segundo lugar e a Borghi, de sexto para segundo.

Janeiro a Junho 2013
 
Moeda: R$
 
 
 
 
Posição
Agência
2013
1
Y R
       3.516.523.435
2
OGILVY E MATHER BRASIL
       1.688.553.820
3
BORGHI LOWE
       1.654.845.625
4
ALMAP BBDO
       1.605.991.740
5
WMCCANN
       1.550.723.080
6
LEO BURNETT
       1.071.319.705
7
PUBLICIS PBC COMUNICACAO
       1.053.930.840
8
DM9DDB
       1.044.202.095
9
JWT
       1.036.655.760
10
HAVAS WORLDWIDE
       1.020.806.580

Sobre a pesquisa
Cobertura: TV aberta: 41 mercados.  TV Assinatura: 38 canais. Rádio: 10 mercados e 83 emissoras. Revista: 200 títulos/mês nacionais, regionais e especiais.  Jornal: 26 mercados. Outdoor: 30 mercados. Cinema: 11 mercados e 562 salas. Internet: 6 portais. Mobiliário Urbano: 10 mercados. Merchandising: 5 redes (nacional).

NOTAS IMPORTANTES:
1- O critério Mídia Interna foi revisto, ampliado e definido a partir de 2013 como Autopromoção. Esse novo conceito trará mudanças de valores de investimento para as agências que tenham veículos de comunicação em sua carteira desde 2012. 

2 - A partir de 2013, os investimentos realizados em Merchandising passam a ser contabilizados na verba das agências para divulgação do ranking.
Comentários
Ainda não foram adicionados comentários para esta página. Seja o primeiro a comentar.
TAGS
Investimento publicitário
 

 Notícias Relacionadas

 
 
Campanhas públicas movimentaram R$ 729 milhões em junho
16/set/2014
No mês que antecedeu a proibição da propaganda política paga no rádio e na TV, categoria foi a primeira colocada em ranking de quem mais investiu
Mundial de futebol movimenta o investimento publicitário no 1º semestre de 2014
25/ago/2014
Unilever segue na liderança como o maior anunciante e, entre os 10 maiores, seis patrocinaram o evento
 

 Soluções Relacionadas

 
Análise da concorrência em mercados mais dinâmicos.
Para demandas específicas por dados de investimento publicitário.
Fiscalização de comerciais para agências.
Identifique e analise a verba publicitária em seu mercado de atuação.
 
PUBLICIDADE
Saiba mais sobre a marca Kantar IBOPE Media
Conheça o portfólio da Kantar IBOPE Media
Acompanhe nossos perfis e saiba todas as novidades da Kantar IBOPE Media